PUBLICIDADE
Topo

Indiciamento de Ghislaine Maxwell é 'sem mérito', diz advogada

Jeffrey Epstein e Ghislaine Maxwell em foto de 2005 - Patrick McMullan via Getty Image
Jeffrey Epstein e Ghislaine Maxwell em foto de 2005 Imagem: Patrick McMullan via Getty Image
do UOL

Do UOL, em São Paulo

10/07/2020 13h40

Uma das advogadas que representam a socialite Ghislaine Maxwell afirmou que o indiciamento de sua cliente no caso de aliciamento de jovens mulheres para o bilionário Jeffrey Epstein é "sem mérito".

Segundo Laura Menninger, "a Procuradoria dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova York em 29 de junho de 2020 causou uma acusação sem mérito contra Maxwell". A reclamação foi feita em um dos arquivos da Corte Federal de Manhattan.

Essa resposta de Menninger diz respeito a uma acusação movida por uma mulher que alega ter sido uma das primeiras vítimas de Jeffrey Epstein, em 1994. A vítima disse ainda que na época foi apresentada a Donald Trump, que atualmente é o presidente dos Estados Unidos.

A advogada afirmou que sua cliente vai se "declarar inocente das várias acusações em qualquer acusação criminal", relacionada ao caso Epstein.

O depoimento dessa vítima, que teve sua identidade protegida, bate com outras acusações contra Maxwell. A socialite é acusada de ter aliciado jovens, que posteriormente eram estupradas por Epstein, entre 1994 e 1997.

Notícias