PUBLICIDADE
Topo

Polícia da Itália desarticula rede de pornografia infantil

04/07/2020 10h08

ROMA, 4 JUL (ANSA) - A polícia italiana desmantelou neste sábado (4) uma rede de pornografia infantil que compartilhava material ilícito, incluindo fotos de recém-nascido, por meio de uma plataforma de mensagens instantâneas.   

Com a coordenação do Ministério Público de Turim, mais de 200 investigadores do Centro Nacional para o Contraste da Pornografia Infantil Online e do Departamento de Polícia de Correios e Comunicações de Turim conduziram o maior e mais complexo inquérito contra a pornografia infantil online dos últimos anos no país. A operação incluiu dezenas de buscas e apreensões de "grandes quantidades de material pornográfico envolvendo menores" em 15 regiões da Itália e levou à prisão de três pessoas. De acordo com comunicado oficial das autoridades, cerca de 50 pessoas estão sob investigação. No texto, a polícia italiana informou que os investigadores conseguiram descobrir a identidade de apelidos usados pelos pedófilos por meio de uma perseguição virtual real. Além disso, encontraram fotos de menores nus e outros "conteúdos horríveis, descrevendo atos de violência sexual e práticas sádicas em que as vítimas eram frequentemente recém-nascidos". As autoridades ainda revelaram que, em algumas imagens, a pornografia ocorreu em casa. Os arquivos foram trocados em uma plataforma de mensagens instantâneas "bem conhecida". A operação foi realizada com colaboração do Centro Nacional de Coordenação de Exploração Infantil do Canadá, o que permitiu colocar em prática um protocolo de categorização de material ilegal compartilhado internacionalmente. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Notícias