PUBLICIDADE
Topo

Justiça britânica reconhece Guaidó como "presidente" em caso de ouro da Venezuela

02/07/2020 06h35

Londres, 2 Jul 2020 (AFP) - Um juiz britânico determinou nesta quinta-feira "inequívoco" o reconhecimento de Juan Guaidó como "presidente interino" da Venezuela, em um julgamento sobre 31 toneladas de ouro venezuelano depositadas no Banco da Inglaterra (BoE), às quais o governo de Nicolás Maduro tem o acesso impedido.

"O governo britânico reconhece o senhor Guaidó na capacidade de presidente constitucional interino da Venezuela" e "em virtude da doutrina de 'uma única voz' o tribunal deve aceitar esta declaração como inequívoca", escreveu o juiz Nigel Teare em sua decisão.

acc/mar/fp

Notícias