PUBLICIDADE
Topo

Notícias

BH: Kalil diz que é 'birutice' pensar em fazer Carnaval em 2021

Carnaval de Belo Horizonte teve público de 4,3 milhões de foliões; na imagem o bloco Corte Devassa desfila com o centro da capital mineira ao fundo - Nereu Jr./UOL
Carnaval de Belo Horizonte teve público de 4,3 milhões de foliões; na imagem o bloco Corte Devassa desfila com o centro da capital mineira ao fundo Imagem: Nereu Jr./UOL
do UOL

Do UOL, em São Paulo

01/07/2020 20h43

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), afirmou hoje que é difícil ter a realização do Carnaval 2021 na capital de Minas Gerais por conta do coronavírus.

Para ele, é "birutice" cogitar o evento a sete meses da data. "Não sou astrólogo, não, né?! Mas acho muito difícil fazer um Carnaval com uma pandemia que deve acabar em setembro, outubro, novembro. É uma birutice", disse em entrevista para a BHAZ.

O prefeito ainda esclareceu que a não-realização do evento não tem nenhuma relação com a parte orçamentária. Em 2020, a Prefeitura teve orçamento de R$ 6 milhões, além de patrocínio de R$ 8.3 milhões.

Ainda hoje, em entrevista para o Estado de Minas, o prefeito disse ser escolhido por Deus para comandar a capital de Minas Gerais em um ano tão tumultuado como está sendo 2020.

"Muita gente que tem muito mais fé do que eu, me diz o seguinte: 'Deus te escolheu para enfrentar isso'", disse o prefeito da cidade.

"Então, se fui escolhido para enfrentar essa pandemia e a destruição da cidade, que já está reconstruída, graças a Deus - o bom é isso, porque o pessoal até esqueceu que essa cidade foi destruída - isso quer dizer que fui escolhido. Então, eu tenho que acreditar que Deus me deu essa missão", acrescentou.

Notícias