PUBLICIDADE
Topo

Inflação da zona do euro acelera inesperadamente em junho

30/06/2020 07h43

BRUXELAS/FRANKFURT (Reuters) - A inflação na zona do euro acelerou inesperadamente em junho mas o núcleo da alta dos preços perdeu força de novo, destacando os temores de que a inflação permanecerá anêmica por anos conforme o bloco se recupera da maior recessão na história.

A inflação anual nos 19 países que usam o euro acelerou a 0,3% em junho ante a mínima de quatro anos de 0,1% em maio, superando a expectativa de estabilidade e sustentando a expectativa do Banco Central Europeu de que uma deflação pode ser evitada.

Excluindo os preços voláteis de alimentos e energia, medida observada pelo BCE, a inflação desacelerou a 1,1% de 1,2%, mostraram nesta terça-feira dados da Eurostat, agência de estatísticas da União Europeia.

O BCE tem como meta inflação de 2% mas não a alcança há sete anos, cenário que deve permanecer ao menos até 2022.

(Reportagem de Philip Blenkinsop e Balazs Koranyi)

Notícias