PUBLICIDADE
Topo

Ibovespa futuro recua com exterior

30/06/2020 09h40

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa futuro com vencimento mais curto recuava nesta terça-feira, em meio a um ambiente mais negativo em pregões na Europa e futuros acionários norte-americanos, no último pregão de um trimestre de desempenho robusto nas bolsas.

Por volta de 09:25, o contrato do Ibovespa que vence em 12 de agosto tinha queda de 0,85%, a 95.360 pontos.

No exterior, as bolsas na Ásia ainda fecharam em alta com dados melhores sobre a atividade chinesa, mas a aprovação pelo parlamento chinês da lei de segurança nacional para Hong Kong abria espaço para receios sobre aumento da tensão EUA-China.

Além disso, o aumento de casos de Covid-19 continua alimentando volatilidade, enquanto dados têm respaldado as esperanças de uma recuperação econômica relativamente rápida.

No Brasil, a bolsa paulista caminha para o melhor trimestre em seis anos e meio, em uma forte recuperação após o tombo nos primeiros meses do ano, quando prevaleceu a aversão a risco por causa da pandemia do novo Covid-19.

Até a véspera, o Ibovespa à vista caminhava para fechar o trimestre com elevação de mais de 30%, em movimento que teve como catalisadores a ampla liquidez global e declínio dos juros para taxas historicamente baixa no país.

Notícias