PUBLICIDADE
Topo

Aneel aprova reajuste para tarifas da Enel São Paulo, que subirão 4,23%

O reajuste tarifário anual da distribuidora, controlada pelo grupo italiano Enel, entra em vigor a partir de 4 de julho - Ueslei Marcelino/Reuters
O reajuste tarifário anual da distribuidora, controlada pelo grupo italiano Enel, entra em vigor a partir de 4 de julho Imagem: Ueslei Marcelino/Reuters

Da Reuters, em São Paulo

30/06/2020 12h48

A diretoria da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou hoje em reunião novas tarifas para a distribuidora de eletricidade Enel São Paulo, que representarão elevação média de 4,23% para os consumidores da empresa.

O reajuste tarifário anual da distribuidora, controlada pelo grupo italiano Enel, entra em vigor a partir de 4 de julho.

Notícias