PUBLICIDADE
Topo

Tempestade Amanda deixa 22 mortos em El Salvador, Guatemala e Honduras

El Salvador foi o país mais afetado, com 16 mortos - Getty Images
El Salvador foi o país mais afetado, com 16 mortos Imagem: Getty Images

Da AFP, em San Salvador

02/06/2020 17h16

A tempestade tropical Amanda deixou 22 mortos ao passar por El Salvador, Guatemala e Honduras no último final de semana, de acordo com os últimos balanços divulgados hoje por esses países, que permanecem em alerta para as chuvas causadas pela tempestade tropical Cristóbal, no Golfo do México.

Em El Salvador, o país que mais impactou, o número de mortos subiu de 15 para 16, e as autoridades instaram a população a ficar em suas casas para evitar acidentes em estradas inundadas e expostas a deslizamentos de terra.

Amanda deixou estradas inundadas e destruídas, casas destruídas e inundadas e quedas de energia e água potável nos três países.

Em Honduras, a Comissão Permanente de Contingências (Copeco) indicou que quatro pessoas morreram devido às chuvas, o que também causou deslizamentos de terra e inundações em várias partes do país.

Na Guatemala, o Coordenador de Redução de Desastres manteve o número de mortos em dois mortos e dois feridos por fortes chuvas.

O alerta no norte da América Central permanece após a tempestade tropical Cristóbal, o terceiro ciclone da temporada de furacões no Atlântico, formado no Golfo do México, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC).

Notícias