PUBLICIDADE
Topo

Trump anuncia que vai adiar cúpula do G7 e convidar mais países

"Não acho que o G7 represente corretamente o que está acontecendo no mundo", explicou Trump a jornalistas - Leah Millis/Reuters
'Não acho que o G7 represente corretamente o que está acontecendo no mundo', explicou Trump a jornalistas Imagem: Leah Millis/Reuters

30/05/2020 21h45Atualizada em 30/05/2020 23h28

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse hoje que vai adiar a cúpula do G7 prevista para junho e que convidará mais países para participar da reunião.

"Não acho que o G7 represente corretamente o que está acontecendo no mundo. É um grupo muito obsoleto de países", disse Trump a jornalistas.

O presidente afirmou que gostaria de convidar a Rússia, Coreia do Sul, Austrália e Índia para participar de uma cúpula no terceiro trimestre. Isso poderia acontecer em setembro, antes ou depois da Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), acrescentou Trump.

Os líderes do G7, que os Estados Unidos presidem este ano, deveriam se reunir por videoconferência no final de junho, depois que a covid-19 inviabilizou os planos de se reunir pessoalmente em Camp David, nos arredores de Washington.

Na semana passada, no entanto, Trump indicou que poderia realizar a grande reunião "principalmente na Casa Branca" e partes dela em Camp David.

O G7 —integrado por Grã-Bretanha, Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão e Estados Unidos— realiza reuniões anuais para discutir a coordenação econômica internacional. O trabalho agora é mais importante, uma vez que eles lutam para reparar os danos causados pelo coronavírus.

Notícias