PUBLICIDADE
Topo

Secretário diz que ES dificilmente adotará lockdown na próxima semana

Movimentação da população durante pandemia do coronavírus no Espírito Santo - Vinicius Moraes / Estadão Conteúdo
Movimentação da população durante pandemia do coronavírus no Espírito Santo Imagem: Vinicius Moraes / Estadão Conteúdo
do UOL

Do UOL, em São Paulo

28/05/2020 22h06

O governo do Espírito Santo anunciou hoje que descarta adotar medidas mais restritivas de isolamento social na próxima semana. O chamado lockdown, segundo o secretário de Estado de Governo, Tyago Hoffmann, dificilmente será imposto diante da aquisição de novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para tratamento do novo coronavírus.

"As medidas aqui são tomadas com base na técnica, na matriz de risco. Estamos abrindo 60 novos leitos de UTI e com respiradores vindos da Itália", disse Hoffmann em vídeo publicado nas redes sociais.

O secretário acrescentou que correm muitas notícias falsas sobre a situação da covid-19 no estado e pediu que a população se informe pelos canais oficiais do governo.

"O governo do Estado não vai surpreender a sociedade capixaba com medidas restritivas. Estão rolando muitas fake news, não deem atenção a isso", afirmou ele.

O Espírito Santo é o nono estado com maior quantidade de notificações pela covid no país. São 12.203 casos confirmados da doença e 538 óbitos, segundo o boletim mais recente.

Notícias