PUBLICIDADE
Topo

Vendas de hidroxicloroquina nos EUA sobem após Trump citar medicamento

Presidente dos EUA, Donald Trump - LEAH MILLIS
Presidente dos EUA, Donald Trump Imagem: LEAH MILLIS
do UOL

Do UOL, em São Paulo

22/05/2020 11h12

As vendas de hidroxicloroquina começaram a subir em um ritmo acelerado nos Estados Unidos após o presidente Donald Trump promover o medicamento como possível cura para a covid-19.

Nesta semana, Trump disse a repórteres que tem tomado o medicamento. O anúncio chega em um momento em que a comunidade médica já está preocupada com a escassez de hidroxicloroquina para pacientes que a usam para tratar outras condições graves.
A droga, que é usada há décadas no combate à malária, começou a ganhar evidência após Trump, assim como o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido) mencionar o nome em diversas oportunidades.

As vendas dobraram em março de 2019 para mais de 50 milhões de dólares em março deste ano, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado IQVIA, que rastreia as prescrições de farmácias, incluindo grandes redes e empresas de venda por correspondência.

Embora a FDA (Food and Drug Administration), agência reguladora dos EUA advirta contra o uso do medicamento fora de ensaios clínicos ou em ambientes hospitalares, mais de 830 mil prescrições para o medicamento foram preenchidas para a versão genérica em março.

Notícias