PUBLICIDADE
Topo

Maduro ordena testes de mísseis em águas venezuelanas que aguardam navios iraniano

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro -
Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

22/05/2020 01h36

Caracas, 22 Mai 2020 (AFP) - As Forças Armadas da Venezuela realizaram testes de mísseis na quinta-feira em La Orchila, uma ilha no norte do país do Caribe, disse o presidente Nicolás Maduro, aguardando a chegada de petroleiros do Irã em meio a tensões com os Estados Unidos.

"Testemunhamos exercícios militares (...) na ilha de La Orchila, com o teste de sistemas de mísseis de precisão máxima para a defesa de águas e costas", declarou Maduro durante uma reunião com o alto comando militar transmitido pela televisão estatal, sem mencionar diretamente navios iranianos carregados com gasolina e outros produtos petrolíferos que se dirigem para a Venezuela.

Os testes fazem parte de exercícios militares chamados "Escudo Bolivariano", um destacamento permanente criado em fevereiro com o qual Maduro renovou sua retórica anti-imperialista contra Washington, que aumentou a pressão sobre a Venezuela, reforçando as sanções contra o país e sua indústria petrolífera e acusando o presidente do "narcoterrorismo", oferecendo uma recompensa por ele.

Juan Guaidó, líder parlamentar da oposição reconhecido por cinquenta países - incluindo os Estados Unidos - como presidente interino do país sul-americano, chamou o "Escudo Bolivariano" de "exercício de propaganda".

Na quarta-feira, Maduro comemorou a chegada dos navios do Irã, depois que Teerã alertou sobre "consequências" se os Estados Unidos impedirem sua chegada à Venezuela.

Segundo relatos da imprensa, são cinco navios-tanque que transportam 1,5 milhão de barris de gasolina.

A escassez de combustível no país, crônica há anos nas áreas de fronteira, foi ampliada durante a quarentena pelo novo coronavírus e atingiu Caracas.

A data em que os navios entrarão nas águas venezuelanas ainda não foi anunciada.

erc/gma/lca

Notícias