PUBLICIDADE
Topo

Carla Zambelli ironiza Moro: "Contribuiu para a reeleição do presidente"

do UOL

Do UOL, em São Paulo

22/05/2020 20h34

Após a divulgação do vídeo da reunião ministerial, na tarde de hoje, a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) agradeceu o ex-ministro da Justiça Sergio Moro por, segundo ela, ter contribuído para a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

"Ao ex-padrinho, Moro. Gostaria de agradecer por ter contribuído para a reeleição do nosso presidente, Jair Bolsonaro. Prezado, o sr. está desculpado", ironizou ela, em mensagem encaminhada a Moro por meio do Twitter.

Moro acusa Bolsonaro de tê-lo ameaçado de demissão por causa da resistência à troca no comando da Polícia Federal, durante a reunião ministerial ocorrida no dia 22 de abril. O vídeo desta reunião teve o sigilo retirado hoje pelo ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), relator de inquérito que apura a suposta interferência de Bolsonaro.

Às vésperas da demissão, Zambelli tentou negociar a permanência do então ministro Sérgio Moro no governo federal em troca de uma vaga de ministro no STF, caso ele aceitasse o delegado Alexandre Ramagem (amigo da família Bolsonaro) no lugar de Maurício Valeixo no comando da Polícia Federal. Moro respondeu que não estava "à venda".

O próprio ex-ministro apresentou a troca de mensagens ao "Jornal Nacional", da TV Globo, para comprovar seu lado nas acusações contra o chefe do Executivo.

Em seu depoimento à Polícia Federal, a parlamentar afirmou que "não chegou a ter qualquer conversa com o presidente Jair Bolsonaro no sentido de o ex-ministro Sérgio Moro aceitar a substituição da direção da Polícia Federal tendo como contrapartida a vaga no STF". Disse também que não falou sobre o assunto "com pessoas em nome do presidente Jair Bolsonaro".

Moro é padrinho de casamento de Zambelli. De acordo com a deputada, eles não conversam desde toda a crise política e foi bloqueada por Moro no WhatsApp.

Notícias