PUBLICIDADE
Topo

Casal morre de covid-19 com seis minutos de diferença

Casal morre de covid-19 com seis minutos de diferença - Reprodução/CNN
Casal morre de covid-19 com seis minutos de diferença
Imagem: Reprodução/CNN
do UOL

Do UOL, em São Paulo

04/04/2020 22h03

Um casal, que estava junto há mais de 51 anos, morreu de covid-19 com seis minutos de diferença, em Boynton Beach, na Flórida (EUA), segundo informou a rede de TV americana CNN.

Stuart, de 74 anos, e Adrian Baker, de 72, não tinham problemas de doença grave e estavam perfeitamente saudáveis, de acordo com relatos de amigos e familiares.

De repente, em meados de março, os dois começaram a sentir alguns sintomas. Stuart, que estava com febre e tinha asma, foi internado em um hospital, mas Adrian, que estava com a temperatura normal, não.

No domingo, os dois morreram —com seis minutos de intervalo— devido a complicações da covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

Buddy Baker, filho do casal, está usando a tragédia de sua família para alertar sobre a seriedade da pandemia global de coronavírus. Em um vídeo publicado nas redes sociais, por exemplo, ele pede às pessoas para que fiquem em casa.

"Até que [a tragédia] toque em você ou toque em alguém que você conheça, você meio que se sente afastado delas. Espero que a morte de meus pais não seja em vão", disse ele à CNN. "Espero que as pessoas ouçam a nossa história e isso as motive a fazer a coisa certa. Ao fazer isso, talvez ajude outras famílias a não suportar a dor e a agonia que eu e minha irmã, nossos filhos e o resto da família estamos sofrendo agora."

Explosão de casos nos EUA

Os Estados Unidos registraram, até agora, 300.915 casos oficiais de covid-19 —o maior número do mundo—, segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins. Ao todo foram 8.162 mortes provocadas pela doença.

O segundo país com mais casos no mundo é a Espanha, com 124.736. Itália (124.632), Alemanha (92.150) e França (90.842) vêm em seguida.

Notícias