PUBLICIDADE
Topo

Teresina (PI) tem os dois primeiros casos de morte na cidade

do UOL

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, em Maceió (AL)

29/03/2020 22h13Atualizada em 29/03/2020 23h48

A capital do Piaui, Teresina registrou na noite deste domingo as duas primeiras mortes de pessoas infectadas pelo coronavírus na cidade. O anúncio foi feito pelo prefeito Firmino Filho (PSDB). Esta é a terceira morte causada por covid-19 no Piauí. Na sexta-feira, morreu o prefeito de uma cidade do interior do estado.

As vítimas são uma mulher e um homem. Segundo boletim epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde da prefeitura de Teresina, as vítimas tinham mais de 70 anos e comorbidades. Uma tinha diabetes e hipertensão arterial e a outra, diabetes, hipertensão arterial e pneumopatia crônica. A prefeitura de Teresina não informou se os dois mortos eram da mesma família.

Os mortos foram contaminados por transmissão comunitária (local). A prefeitura não informou o hospital em que eles estavam internados e quando ocorreu internação. Também não foram informados onde ocorreram os enterros dos corpos. Mortos por covid-19 não podem ter velório.

Na sexta-feira, o estado Piauí registrou a primeira morte por Covid-19. A vítima era prefeito do município de São José do Divino, Antônio Nonato Lima Gomes, 57. No sábado, a Secretaria de Estado da Saúde confirmou que o teste para coronavirus nas amostras colhidas no corpo do prefeito deu positivo. Ele tinha diabetes e, segundo a secretaria, a Covid-19 evoluiu rapidamente.

A prefeitura de Teresina informou que nesta segunda-feira (30) começam as desinfecções contra o coronavírus em áreas públicas de grande circulação de pessoas. A limpeza será feita por pulverização de uma solução de água com hipoclorito de sódio.

"A ação de sanitização acontecerá de duas a três vezes por semana, com foco na higienização de paradas de ônibus, praças, parques, canteiros centrais de grandes avenidas e áreas públicas com grande fluxo de indivíduos", informou o prefeito de Teresina.

O prefeito de Teresina fez um apelo aos moradores do município para que se cumpra a quarentena e evitem sair de casa para não correrem riscos de serem infectados pelo coronavirus. O prefeito afirmou que a limpeza na cidade não garante que o morador não seja infectado com a doença.

"As pessoas não podem achar que isso promove segurança para interação social. Não promove! Aos teresinenses, meu apelo mais forte que nunca: fiquem em casa! Essas duas próximas semanas são decisivas para o enfrentamento da pandemia em Teresina. Agora, mais que nunca, precisamos ficar em casa. Vamos começar um momento crítico, que vai definir o comportamento de Teresina em relação à doença. Então, por favor, fiquem em casa. Nada de visitas, nem saídas desnecessárias", enfatizou Firmino Filho.

Governo cobra ajuda federal

Após a terceira morte confirmada por covid-19 no Piauí, o governador Wellington Dias (PT) reivindicou do governo Federal uma posição mais "coerente para combater a proliferação do coronavírus no país."

Dias afirmou que, os governadores e prefeitos do Brasil estão enfrentando grandes desafios e diz que equipamentos prometidos não chegaram.

"Onde estão os respiradores, os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) que também não chegaram? Cadê os exames? As vacinas chegaram incompletas e, enquanto isso, os casos vão crescendo", disse o governador do Piaui.

O governador defendeu que "é necessário que todos os entes públicos (federal, estadual e municipal) atuem integrados para garantir o que é preciso para ter um resultado positivo."

Notícias