PUBLICIDADE
Topo

Após contraprova, Brasília confirma primeira morte por coronavírus

29/03/2020 12h24

O governo do Distrito Federal informou neste domingo, 29, a primeira morte em decorrência do novo coronavírus na capital do País.

Viviane Rocha de Luiz, de 61 anos, deu entrada no Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) na madrugada do dia 22 deste mês com "quadro de febre, desconforto respiratório, com histórico de contato com paciente confirmado de covid-19 proveniente de São Paulo, tendo como comorbidades obesidade mórbida, hipertensão arterial sem tratamento e ex-tabagista", informou o governo.

Segundo a nota, ela teve uma parada cardiorrespiratória no dia 23, às 11h40. O primeiro exame para detectar o novo coronavírus foi inconclusivo, mas a contraprova enviada para o laboratório da Fiocruz confirmou a infecção.

O Ministério da Saúde divulgou no sábado, 28, o número oficial de 114 mortos no País. Desde o anúncio, secretarias estaduais indicaram a ocorrência de mais cinco mortes.

Além desta de Brasília, foram mais dois em São Paulo, um no Rio Grande do Norte e um na Bahia.

Na sexta-feira, 27, o governo do DF havia divulgado que um indígena havia morrido pela doença, mas no dia seguinte, disse que o homem possuía suspeita de novo coronavírus na certidão de óbito, mas testou negativo.

Redação, O Estado de S.Paulo

Notícias