PUBLICIDADE
Topo

Danone e Nestlé suspendem demissões por três meses em meio ao coronavírus

Getty Images
Imagem: Getty Images
do UOL

Do UOL*, em São Paulo

26/03/2020 11h35

As empresas Danone e Nestlé anunciaram nesta quinta-feira que demissões de funcionários estão suspensas pelos próximos três meses em meio à pandemia do novo coronavírus.

As companhias vão manter os salários de todos os seus colaboradores em todo o mundo. Só o grupo Danone emprega mais de 100 mil pessoas.

"Os salários e os empregos serão totalmente mantidos nos próximos três meses porque serão três meses muito difíceis. Não haverá quebra de contrato de trabalho por causa do coronavírus", afirmou Emmanuel Faber, presidente-executivo da Danone, à rádio francêsa RTL.

A empresa irá destinar um bônus financeiro para os funcionários que não podem fazer home office, segundo o executivo.

A Nestlé também segue na mesma linha e garantiu hoje que seus funcionários também não serão demitidos. Todos os colaboradores, que recebem por hora ou por mês, serão pagos integralmente pelas próximas doze semanas.

A empresa também informa que oferece refeições gratuitas e transporte, quando necessário, aos seus funcionários.

Cuidados básicos para se proteger do coronavírus:

*Com informações dos sites RTL e LeParisien

Notícias