PUBLICIDADE
Topo

China cancela reunião do Conselho de Segurança da ONU

Prédio da ONU em Nova York - Carlo Allegri
Prédio da ONU em Nova York Imagem: Carlo Allegri

26/03/2020 09h11

A China, que preside o Conselho de Segurança, cancelou uma reunião hoje na sede da ONU (Organização das Nações Unidas) na cidade de Nova York, duramente afetada pela pandemia do novo coronavírus, e quer estimular "votos por escrito", informaram fontes diplomáticas.

O Conselho não se reúne desde 12 de março devido à pandemia e mantém fortes divergências sobre uma proposta de declaração sobre a crise e a organização de reuniões "virtuais" para votar as resoluções.

As votações do Conselho de Segurança são realizadas normalmente com a mão elevada na sede da ONU, onde podem acontecer negociações de último minuto.

Nesta quinta-feira, o Conselho deveria renovar o mandato dos especialistas da ONU responsáveis por examinar as sanções impostas à Coreia do Norte e ampliar o mandato da missão de paz na Somália.

Estas votações serão adiadas, afirmou uma fonte diplomática que pediu anonimato.

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, não fechou a sede da organização, mas a cidade de Nova York está sob ordem de confinamento do governador do estado, Andrew Cuomo.

O estado de Nova York é o epicentro da pandemia nos Estados Unidos, com mais de 30 mil contágios.

Notícias