PUBLICIDADE
Topo

Cedae suspende cobrança de tarifa e corte de abastecimento por coronavírus

Vista do prédio da Cedae, no Rio de Janeiro - Mauro Pimentel/AFP
Vista do prédio da Cedae, no Rio de Janeiro Imagem: Mauro Pimentel/AFP
do UOL

Do UOL, em São Paulo

26/03/2020 12h24

A Companhia Estadual de Águas e Esgoto do Rio de Janeiro (Cedae) informou que não realizará a cobrança da tarifa de fornecimento de água no estado para clientes cadastrados na tarifa social e pequenos comerciantes durante a quarentena.

A suspensão da cobrança sancionada pelo governador do estado, Wilson Witzel (PSC), vai durar por três meses e deve atender cerca de 230 mil cadastros. Estes variam entre comércios e residências localizadas em comunidades carentes e conjuntos habitacionais.

A empresa também decidiu suspender o corte de fornecimento de água para todos os clientes do estado. Ou seja, mesmo os clientes com renda o suficiente para receber as contas no período, não sofrerão com corte de água.

A suspensão do corte não tem prazo definido e vai durar de acordo com a crise causada pela covid-19.

Em São Paulo, o governador João Doria (PSDB) também suspendeu a cobrança da tarifa de água para famílias carentes em todo o estado. Serão 506 mil famílias beneficiadas entre abril e junho.

"São as famílias de menor renda, as mais prejudicadas pela crise econômica. Esta tarifa não será cobrada em abril, maio e junho, exatamente das famílias mais vulneráveis no estado de São Paulo", disse Doria sobre decisão.

Notícias