PUBLICIDADE
Topo

Britânica de 21 anos morre e mãe culpa coronavírus; governo não confirma

Chloe Middleton, de 21 anos, morreu após contrair coronavírus no Reino Unido - Reprodução/Facebook
Chloe Middleton, de 21 anos, morreu após contrair coronavírus no Reino Unido Imagem: Reprodução/Facebook
do UOL

Do UOL, em São Paulo*

25/03/2020 12h00

Uma britânica de 21 anos, sem problemas de saúde preexistentes, morreu, segundo a família, após contrair coronavírus. A família de Chloe Middleton, moradora da cidade de High Wycombe no Reino Unido, publicou mensagens nas redes sociais e pediu para as pessoas se cuidarem. Os órgãos oficiais do país ainda não confirmaram as circunstâncias da morte de Chloe.

Diane Middleton, mãe da vítima, escreveu no Facebook: "Para todas as pessoas que pensam que é apenas um vírus, pense novamente". E completou: "Falando de uma experiência pessoal, esse chamado vírus tirou a vida da minha filha de 21 anos".

De acordo com Emily Mistry, tia da vítima, a jovem não tinha nenhum tipo de problema de saúde. Ontem, Mistry escreveu um texto e pediu para todos compartilharem a informação e se protegerem: "Minha linda e gentil sobrinha de 21 anos (Chloe) morreu na COVID19. Ela não tinha problemas de saúde subjacentes. Meus entes queridos estão passando pela dor mais inimaginável, somos destruídos além da crença? A realidade deste vírus está apenas se desenrolando diante de nossos olhos. Por favor, siga as diretrizes do governo. FAÇA SUA PARTE. Proteja-se e proteja os outros!! O vírus não está se espalhando, as pessoas estão se espalhando".

Mistry concluiu o post com uma homenagem à sobrinha. "A vida como a conhecemos mudou drasticamente, mas a menos que todos ajamos agora para proteger a nós mesmos e aos outros, mais esse tumulto e angústia continuarão... Descanse em paz Chloe. Até nos encontrarmos novamente...".

A pessoa mais jovem que morreu no Reino Unido após contrair coronavírus foi um homem de 18 anos. No entanto, segundo médicos, o jovem tinha problemas de saúde significativos e o vírus não foi a causa da morte.

De acordo com a ANSA, o Reino Unido é o 10º país mais atingido pela pandemia com 8,2 mil casos oficiais e mais de 400 mortos.

(Com informações da ANSA)

Notícias