PUBLICIDADE
Topo

Ferrari e Fiat devem ajudar produção de ventiladores pulmonares

Ferrari e Fiat devem impulsionar produção de aparelhos para tratamento da covid-19 - iStock
Ferrari e Fiat devem impulsionar produção de aparelhos para tratamento da covid-19 Imagem: iStock
do UOL

Do UOL, em São Paulo

19/03/2020 17h24

As fabricantes italianas de automóveis Ferrari e Fiat estão em negociações para impulsionar a produção da maior empresa de ventiladores pulmonares no país, segundo a Reuters. O dispositivo pode salvar vidas e tem tido grande demanda durante a pandemia do coronavírus.

As gigantes italianas devem auxiliar a Siare Engineering, produtora dos ventiladores, junto da Marelli, que trabalha com sistemas de automóveis. Essa união vai resultar na produção de componentes e na montagem dos dispositivos.

A Itália está no epicentro da pandemia e o governo tem investido no aumento da produção de leitos hospitalares, que requererem ventiladores pulmonares para manter os pacientes vivos, assumindo suas funções respiratórias.

Roma pediu para a Siare que elevasse a produção mensal desse maquinário de 160 para 500 após a crise do coronavírus ter deixado o sistema de saúde do país em estado crítico, afirmou Gianluca Preziosa, executivo-chefe da Siare.

"Estamos conversando com Fiat Chrysler, Ferrari e Marelli para tentar entender se eles podem nos dar uma mão na parte eletrônica desse processo."

Um representante da Exor, empresa com participação tanto na Fiat quanto na Ferrari, disse que as reuniões com a Siare aconteceram hoje para estudar a viabilidade da ideia. A decisão deve ser anunciada em algumas horas.

Por fim, Preziosa afirmou que outra vantagem da parceria com as fabricantes de automóveis seria seu poder de compra, facilitando a obtenção de componentes que sua pequena companhia estava penando para conseguir em meio à crise.

Notícias