PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Huawei e América Móvil apresentam projetos 5G à Colômbia

Ezra Fieser e Oscar Medina

09/03/2020 15h58

(Bloomberg) -- As gigantes de telecomunicações chinesas Huawei Technologies e ZTE e a América Móvil, do bilionário mexicano Carlos Slim, estão entre as empresas com propostas de projetos-piloto 5G na Colômbia, o primeiro passo no plano do país de construir a rede móvel de próxima geração.

A Colômbia vai selecionar mais de 40 propostas recebidas para projetos 5G de pequena escala, disse Sylvia Constaín, ministra de Tecnologias da Informação e Comunicação. O governo também recebeu propostas de empresas como Millicom International Cellular e da espanhola Telefónica, bem como de governos locais e vários outros pretendentes, de acordo com o ministério.

Depois de selecionar os projetos-piloto, o governo realizará leilões para o espectro móvel de 3,5 gigahertz, a espinha dorsal das redes 5G, disse a ministra. O plano é de que sejam lançados no final deste ano ou início do próximo, disse.

A Colômbia, que ocupa a última posição entre as principais economias para assinaturas de banda larga móvel, de acordo com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico, também quer desenvolver suas redes móveis. O governo colombiano concedeu contratos a fornecedores para expandir a cobertura em todo o país, desde comunidades montanhosas isoladas nos Andes até a costa do Pacífico. O governo do presidente Ivan Duque promove a tecnologia como forma de criar empregos e ajudar a transformar a economia de US$ 340 bilhões.

"Na Colômbia, com os programas de transformação digital e inteligência artificial e com o plano 5G, agora estamos na vanguarda e não atrasados", disse a ministra, que trabalhou no Facebook e na Apple.

Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net

Repórteres da matéria original: Ezra Fieser Bogota, efieser@bloomberg.net;Oscar Medina em Bogotá, omedinacruz@bloomberg.net

Notícias