PUBLICIDADE
Topo

Vice-presidente afegão pede manifestações contra reeleição do presidente

19/02/2020 13h55

Cabul, 19 Fev 2020 (AFP) - O vice-presidente afegão Abdul Rashid Dostum, um ex-líder militar muito influente no país, pediu nesta quarta-feira que seus apoiadores se manifestem contra a reeleição do presidente Ashraf Ghani.

"Como chefe de vocês (...) peço que apoiem Abdulah com todas as suas forças", declarou o vice-presidente, em referência ao rival de Ghani, o opositor Abdulah Abdulah, que na terça-feira rechaçou a vitória nas urnas do presidente anunciada pela Comissão eleitoral.

Cinco meses após as eleições presidenciais afegãs, a Comissão eleitoral anunciou que Ghani ganhou a reeleição com 50,64% dos votos, frente l 39,52% de Abdulah, que imediatamente denunciou um "golpe de Estado" e anunciou que criaria um governo alternativo.

Dostum pediu a seus partidários que "saiam às ruas para celebrar a vitória" de Abdulah Abdulah.

Um inimigo forte do talibã islamita, Dostum ganhou projeção durante a guerra contra os rebeldes por seus métodos bárbaros, como no massacre de 2001 de centenas de talibãs que morreram asfixiados.

Nas eleições presidenciais anteriores de 2014, que também causaram grande tensão política, ele decidiu apoiar Ghani.

A rejeição de Abdulah ao resultado oficial das pesquisas faz com que ele tema uma repetição do cenário de 2014, quando ele também rejeitou sua derrota e houve sérias brigas nas ruas, até que os Estados Unidos intervieram para distribuir energia entre os dois rivais.

emh-eb/st/wat/fox/qan/jfavz/jz/mb/cc

Notícias