PUBLICIDADE
Topo

Menina de 3 anos morre após brinquedo de madeira cair sobre ela em parque

Escorregador que caiu em parquinho em Corumbá (MS) e atingiu duas meninas - Arquivo pessoal
Escorregador que caiu em parquinho em Corumbá (MS) e atingiu duas meninas Imagem: Arquivo pessoal
do UOL

Bruna Barbosa Pereira

Colaboração para o UOL, em Cuiabá

14/02/2020 20h16

Uma menina de 3 anos morreu na madrugada de hoje depois de sofrer um acidente enquanto brincava com a irmã em um parquinho no bairro Generoso Ponce, em Corumbá (MS), a 420 km de Campo Grande. Estela Vitória Lopes da Conceição teve um traumatismo craniano após ser atingida por um escorregador de madeira instalado na praça.

O objeto, que tinha cerca de dois metros de altura, caiu sob a cabeça dela e ainda atingiu a irmã da menina de raspão. Ambas brincavam à noite em um balanço do parquinho. Estela estava em pé empurrando a irmã quando o escorregador se desprendeu e as atingiu.

De acordo com uma pessoa da família da menina, que prefere não se identificar, as crianças sequer teriam encostado no brinquedo antes dele cair. A mãe da vítima acredita que o escorregador, que também apresentava problemas de manutenção, se soltou sozinho, já que, no momento do acidente, nenhuma outra criança estava perto dele.

Procurada pela reportagem, a assessoria da Prefeitura de Corumbá não se manifestou até o momento. No entanto, em nota publicada no site oficial, o órgão afirma que a praça do bairro Generoso Ponce será interditada e um procedimento foi instaurado para "apurar responsabilidades em relação à manutenção dos brinquedos".

Uma vistoria emergencial em todas as praças públicas do município também foi solicitada pela prefeitura, com objetivo de atestas as condições de segurança e promover interdições, caso sejam necessárias.

Transferência não foi possível

Estela foi levada em estado grave para o Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI) do pronto-socorro da cidade. No entanto, devido à gravidade dos ferimentos na cabeça da menina, os médicos informaram que seria necessária uma transferência em UTI aérea para a Santa Casa de Campo Grande.

Estela Vitória Lopes da Conceição, 3, morreu após ser atingida por um escorregador - Arquivo pessoal
Estela Vitória Lopes da Conceição, 3, morreu após ser atingida por um escorregador
Imagem: Arquivo pessoal
Após receber a notícia de que a filha precisaria ser transferida, a mãe da menina, que tem outros três filhos, foi até a casa onde moravam para pegar roupas e documentos pessoais. Quando retornou ao hospital, o médico informou que Estela estava tendo várias paradas cardíacas e não havia resistido.

"O médico foi sincero com ela [a mãe] a todo momento, foram três paradas. No momento do acidente, a Estela sangrava muito, tinha muito sangue na boca. A mãe dela decidiu nem esperar o Samu, uma vizinha conseguiu levantar o escorregador e levaram ela para o pronto-socorro. A todo momento ela pedia para que a filha resistisse", diz uma parente.

Segundo a família, a Prefeitura de Corumbá entrou em contato para arcar com os custos do velório e sepultamento da menina, já que a mãe não tem condições financeiras e cria os filhos sozinha.

A mãe de Estela está em choque desde o momento do acidente, segundo a parente. Ela chora muito em alguns momentos e, em outros, "fica apenas parada".

Ainda conforme os familiares, a mãe da vítima ainda não sabe como proceder judicialmente com a situação e está sendo auxiliada por outros parentes. Eles explicaram que essa não é a primeira vez em que uma criança morre em praças do município. Em junho de 2019, o filho de vizinhos da família de Estela, de nove anos, morreu após uma trave cair sob a cabeça dele enquanto brincava em um dos locais.

Notícias