PUBLICIDADE
Topo

Número de mortos em chuvas em Minas Gerais sobe para 53

29/01/2020 14h17

SÃO PAULO, 29 JAN (ANSA) - Subiu para 53 o número de mortes provocadas pelas chuvas que atingem o estado de Minas Gerais desde meados de janeiro.   


A última vítima é um homem de 45 anos soterrado pelo desabamento de sua casa, em Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte. O imóvel desmoronou devido à força da chuva.   


Até o momento, o maior número de mortes foi registrado na capital mineira, com 13, seguida pela vizinha Betim, com seis, e Ibirité e Luisburgo, com cinco cada.   


Também houve falecimentos em Alto Caparaó (quatro), Alto Jequitibá (três), Pedra Bonita (três), Simonésia (três), Contagem (dois), Divinópolis (dois) e Carangola, Divino, Manhuaçu, Olhos d'Água, Santa Margarida e Tocantins, com um cada, além de Nova Lima.   


As chuvas provocaram inundações e deslizamentos de terra em diversas cidades mineiras. Das 53 vítimas, 42 morreram soterradas, e 11, afogadas ou arrastadas pela água. Cerca de 38,7 mil indivíduos estão desalojados (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Notícias