PUBLICIDADE
Topo

Itamaraty procura família brasileira com possível coronavírus nas Filipinas

24.jan.2020 - Médica usa roupas de proteção no hospital da Cruz Vermelha em Wuhan, na China. O país vive uma epidemia do novo coronavírus. - AFP
24.jan.2020 - Médica usa roupas de proteção no hospital da Cruz Vermelha em Wuhan, na China. O país vive uma epidemia do novo coronavírus. Imagem: AFP
do UOL

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

26/01/2020 11h46Atualizada em 27/01/2020 13h16

A Embaixada do Brasil nas Filipinas tenta contato com uma família de brasileiros suspeita de estar infectada pela nova forma de coronavírus no país, apurou a reportagem.

A informação de que um casal junto ao filha de 10 anos está internado em isolamento um hospital de Puerto Princesa, cidade da ilha de Palawan, do arquipélago que compõe as Filipinas, circula na mídia local.

De acordo com o jornal filipino ABS-CBN, eles estiveram recentemente em Wuhan, na China, epicentro da crise de transmissão do coronavírus.

A família teria dado entrada numa unidade de saúde em El Nido na sexta-feira (24). Todos teriam sido então levados para um hospital maior em Puerto Princesa no sábado, segundo o jornal.

A informação divulgada é que eles passaram por exames para verificar se estão com o coronavírus, mas os resultados ainda não estão prontos.

Agora a Embaixada do Brasil, que fica em Manila, capital das Filipinas, em outra ilha, busca contato com a família para saber de suas condições e prestar o apoio possível. A expectativa é que informações mais concretas sejam repassadas nesta segunda (27).

Até a última atualização deste texto, o Ministério da Saúde brasileiro informava não haver casos registrados de coronavírus no Brasil. Cinco possíveis casos foram descartados ao longo das últimas duas semanas.

A China informou que o número de mortos pelo coronavírus subiu para 56 no país neste domingo (26). O governo chinês também atualizou para 2.051 o número de casos de pacientes infectados.

A doença levou o presidente chinês, Xi Jinping, a declarar que o país vive uma "situação grave" e causou o cancelamento das festas do Ano Novo Lunar em diversas cidades.

O Canadá divulgou ontem o primeiro registro de coronavírus no país. Além da China e do Canadá, outros 11 países confirmaram casos de contágio: Malásia, Austrália, Tailândia, Vietnã, Singapura, Japão, Coreia do Sul, Arábia Saudita, Nepal, França e Estados Unidos.

Notícias