PUBLICIDADE
Topo

Vento impede voo inaugural do Boeing 777X

Tim Stake/AFP/Boeing
Imagem: Tim Stake/AFP/Boeing

25/01/2020 00h03

Everett, Estados Unidos, 25 Jan 2020 (AFP) - Fortes ventos impediram nesta sexta-feira (24) o voo inaugural do 777X, o novo avião de longa distância da americana Boeing.

"Tentaremos novamente amanhã (hoje)", informou a Boeing no Twitter por volta das 10h local (15h de Brasília), no aeroporto de Everett, Washington, próximo à sede da companhia.

"Os níveis de vento nos impediram de voar hoje (ontem). Continuaremos proporcionando atualizações em nosso site e através das redes sociais".

O avião de cor branca e azul permaneceu no solo do Boeing Field, na região de Seattle, onde os fortes ventos balançavam até a câmera instalada para mostrar o voo nas redes sociais.

O primeiro voo do 777X estava previsto para a quinta-feira (23), quando sofreu o primeiro adiamento, também por fortes ventos na região de Seattle.

Durante o voo inaugural, os aviões são submetidos a uma bateria de testes para verificar seu comportamento e garantir que cumprem as condições de segurança.

O 777X, com capacidade para transportar entre 384 e 426 passageiros, tem uma carteira de pedidos de 340 unidades, principalmente de grandes companhias aéreas, como Emirates, Lufthansa, Cathay Pacific, Singapore Airlines e Qatar Airways.

O aparelho da Boeing vai competir com o A350 do fabricante europeu Airbus.

Espera-se que o 777X consolide o domínio da Boeing sobre a Airbus no mercado de longa distância.

Notícias