PUBLICIDADE
Topo

BNDES anuncia venda de até US$ 5,6 bilhões em ações da Petrobras

Objetivo é reduzir o risco de mercado do banco, permitindo o investimento em áreas de maior impacto para a sociedade - Diego Herculano/NurPhoto/Getty Images
Objetivo é reduzir o risco de mercado do banco, permitindo o investimento em áreas de maior impacto para a sociedade Imagem: Diego Herculano/NurPhoto/Getty Images
do UOL

Agência Brasil

22/01/2020 18h46

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) anunciou hoje a realização de oferta pública global de ações da Petrobras que pertencem à instituição. A oferta tem valor de até US$ 5,6 bilhões e envolverá a alienação de até 9,86% das ações ordinárias da Petrobras. As ações preferenciais de propriedade do BNDES não serão alienadas.

A oferta será feita no Brasil e no exterior. Por isso, a operação foi registrada no órgão regulador brasileiro, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), autarquia vinculada ao Ministério da Economia. O órgão equivalente nos Estados Unidos, a Securities and Exchange Commission (SEC), também foi notificado.

De acordo com o BNDES, a operação é resultado do programa de desinvestimento de participações acionárias em empresas listadas na Bolsa de Valores. O objetivo do programa, iniciado em 2019, é reduzir o risco de mercado do banco, permitindo o redirecionamento dos recursos para investimentos em áreas de maior impacto para a sociedade, como saneamento, mobilidade urbana, educação e segurança.

Esse processo de desinvestimento já incluiu, nos últimos meses, a venda total de participações acionárias do BNDES na Marfrig Global Food S.A. e na Light S.A.. O BNDES tem em curso, ainda, potencial oferta pública de ações ordinárias da JBS.

Ações ordinárias

Outra decisão acionária encaminhada pela Petrobras à CVM foi a oferta pública secundária protocolada pelo BNDES. A oferta envolve a venda de até 734.202.699 ações ordinárias de emissão da Petrobras e pertencentes ao banco.

O período de reserva das ações da oferta brasileira se estenderá de 29 deste mês até 4 de fevereiro. A fixação do preço por ação acontecerá no dia seguinte (5).

O início das negociações das ações na bolsa de valores deve ocorrer em 7 de fevereiro de 2020, em conformidade com o previsto em regulamento. A data máxima da negociação vai até 6 de agosto. Não houve ainda informação sobre a data da oferta no exterior.

Notícias