PUBLICIDADE
Topo

Diretor Spike Lee presidirá júri do Festival de Cannes

14/01/2020 19h59

PARIS, 14 JAN (ANSA) - O diretor norte-americano Spike Lee foi escolhido como o próximo presidente do júri do Festival de Cannes, programado entre 12 e 23 de maio de 2020.   


Lee será o primeiro cineasta negro a desempenhar o papel. Ele substituirá o mexicano Alejandro Iñarritu.   


"Quando eles me ligaram, eu não conseguia acreditar, fiquei feliz, surpreso e orgulhoso ao mesmo tempo", revelou Lee, 62 anos. "Estou honrado em ser a primeira pessoa da diáspora africana" nos Estados Unidos a assumir essa função, acrescentou.   


Ao longo de sua carreira, Lee dirigiu filmes consagrados como "Ela Quer Tudo" (1986), "Faça a Coisa Certa" (1989), "Malcom X" (1992) e "Infiltrado na Klan" (2018). Com o longa-metragem que conta a história de um afro-americano que consegue entrar na Ku Klux Klan, o diretor levou o Grande Prêmio do Júri em Cannes, em 2018. Segundo o comunicado oficial do festival, o ponto de vista de Lee é "mais valioso do que nunca". "Ele trouxe as questões e as problemáticas da atualidade para o cinema contemporâneo - mas ele nunca perdeu de vista o seu público, buscando aumentar a conscientização sobre suas causas filme após filme", diz o texto. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Notícias