PUBLICIDADE
Topo

Governo anunciará medidas para reduzir fila no INSS na quarta, diz Marinho

do UOL

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

13/01/2020 12h46

Resumo da notícia

  • Em 1º de dezembro, 2 milhões de pedidos de benefícios aguardavam análise do INSS
  • Sistema do INSS ainda não foram adaptados com novas regras de aposentadoria
  • Governo não definiu prazo para reduzir espera

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, afirmou hoje que o governo anunciará medidas para reduzir a fila para concessão de benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) na próxima quarta-feira (15).

Em 1º de dezembro de 2019, estavam aguardando análise mais de 2 milhões (2.208.886) de pedidos de aposentadoria e outros benefícios, como o BPC (Benefício de Prestação Continuada), pago a idosos e deficientes de baixa renda.

A informação está em uma nota técnica da Secretaria de Previdência, encaminhada à Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional no final do ano passado. Um dos motivos dessa fila, segundo o documento, é a redução do quadro de funcionários do INSS.

Além disso, os sistemas do INSS ainda não foram adaptados para conceder benefícios com as novas regras aprovadas pelo Congresso. Marinho não informou em que prazo a fila será reduzida.

"Estamos validando as propostas (para reduzir as filas do INSS) internamente e quarta-feira a gente conversa. Isso envolve orçamento, estrutura organizacional e a gente precisa ter responsabilidade. Precisamos conversar internamente para buscar respaldo técnico e jurídico", disse Marinho.

Notícias