PUBLICIDADE
Topo

Nove soldados afegãos mortos em ações de talibãs infiltrados

14/12/2019 18h15

Ghazni, Afeganistão, 14 dez 2019 (AFP) - Nove soldados afegãos morreram em ações de talibãs infiltrados em sua unidade, na região central do Afeganistão, informou neste sábado o ministério da Defesa, enquanto uma fonte do governo local anunciou a morte de mais de 20 militares.

"Os militares morreram como mártires ante terroristas talibãs, na região de Qarabagh, na província de Ghazni, na sexta-feira à noite", afirmou o ministério afegão da Defesa no Twitter.

O porta-voz do ministério explicou que talibãs infiltrados no grupo de soldados mataram os militares.

Este tipo de ataque interno é uma ameaça constante no Afeganistão, um país que sofre com a guerra há quase 40 anos.

Nasir Ahmad Faqiri, membro do governo regional da província de Ghazni, afirmou que 23 membros de uma milícia pró-governo faleceram em uma ação de sete talibãs infiltrados em sua unidade.

Os sete insurgentes fugiram após o ataque, de acordo com Faqiri.

O governo central, no entanto, desmentiu este balanço.

Os talibãs anunciaram que invadiram uma "base inimiga" na província de Ghazni e que mataram dezenas de membros das forças de segurança.

Os insurgentes, assim como as autoridades afegãs, exageram os balanços de vítimas de seus adversários e minimizam os próprios.

A violência no Afeganistão não dá trégua no momento em que Estados Unidos e talibãs retomam as negociações para tentar acabar com o conflito.

str-us-wat/rma/jf/lch/bl/pc/fp

Notícias