PUBLICIDADE
Topo

Ibovespa encerra semana com novas máximas após acordo China-EUA; Petrobras recua forte

13/12/2019 18h06

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista fechou com o Ibovespa em nova máxima histórica nesta sexta-feira, após China e Estados Unidos anunciarem um chamado acordo comercial "fase 1", mas a alta na sessão foi atenuada por realização de lucros e queda de Petrobras após o BNDES avisar que pretende vender sua fatia na empresa.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,18%, a 112.396,16 pontos, máxima histórica para fechamento, de acordo com dados preliminares. No melhor momento da sessão, chegou a 112.829,31 pontos, recorde intradia. O volume financeiro alcançava 23,9 bilhões de reais.

Na semana, também segundo dados antes do ajuste de fechamento, o Ibovespa acumulou valorização de 1,14%, ampliando a alta no mês para 3,85% e o ganho em 2019 para 27,9%.

(Por Paula Arend Laier)

Notícias