PUBLICIDADE
Topo

Barril do Texas fecha em alta de 1,5%

13/12/2019 18h04

Nova York, 13 dez (EFE).- O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI) fechou nesta sexta-feira em alta de 1,5%, cotado a US$ 60,07 o barril, em momento de otimismo entre os investidores devido à conclusão da primeira fase do acordo comercial entre Estados Unidos e China.

Ao final das operações da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em janeiro subiram US$ 0,89 em relação ao valor de quinta-feira.

O petróleo chegou ao nível mais alto em quase três meses, superando a marca de US$ 60, com os investidores satisfeitos com o acerto entre EUA e China, além do resultado das eleições no Reino Unido, que terminaram com uma contundente vitória do primeiro-ministro britânico, o conservador Boris Johnson.

Após quase 18 meses de guerra comercial, e a consequente aplicação de tarifas, o presidente americano, Donald Trump, anunciou nesta sexta-feira o encerramento da primeira fase do acordo com a China, que inclui a retirada parcial de taxas e o aumento das compras chinesas de produtos dos EUA.

Essa guerra comercial pressionou os preços do petróleo, enquanto a incerteza a respeito do Brexit também exerceu certa influência. Com a vitória expressiva do Partido Conservador no Reino Unido, o caminho para o Brexit parece mais crível.

O valor do petróleo também está sendo influenciado pelos esforços da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados, incluindo a Rússia, para reduzir a produção. A aliança conhecida como Opep+, decidiu na semana passada reduzir a produção em 500 mil barris por dia a partir de 1º de janeiro.

Neste contexto, os contratos futuros de gasolina com vencimento em janeiro subiram US$ 0,04, cotados a US$ 1,66 por galão, e os de gás natural com vencimento no mesmo mês caíram US$ 0,03, para US$ 2,29 por mil pés cúbicos. EFE

Notícias