PUBLICIDADE
Topo

Trump e economia brasileira levam Ibovespa a novos recordes

12/12/2019 20h21

São Paulo, 12 dez 2019 (AFP) - A Bolsa de São Paulo superou nesta quinta-feira (12), pela primeira vez, o limiar de 112.000 pontos, e o real se valorizou em relação ao dólar, em um ambiente de otimismo global pela perspectiva de um acordo comercial entre China e EUA e bons dados sobre a economia brasileira.

O índice Ibovespa fechou nos 112.199 pontos, com uma alta de 1,11% na comparação ao fechamento da véspera. Durante a sessão, chegou a atingir os 112.444 pontos.

A onda de compras foi global e disparou depois de o presidente Donald Trump ter afirmado que Estados Unidos e China estavam "muito perto" de um "grande acordo", a três dias da aplicação de novas tarifas anunciados por parte de Washington contra produtos do país asiático.

A tendência foi reforçada com "o bom momento econômico brasileiro" e após a decisão do Banco Central de reduzir, ontem, sua taxa básica, a Selic, para 4,50%, um mínimo histórico.

O PIB brasileiro cresceu 0,6% no terceiro trimestre, em relação ao segundo, dois décimos a mais do que o esperado, impulsionado principalmente pelo consumo. Também houve dados positivos da produção industrial de outubro.

O dólar fechou a 4,09 reais, abaixo dos 4,10 pela primeira vez desde 7 de novembro.

pr-js/dga/tt

Notícias