PUBLICIDADE
Topo

Prevista para março retirada de tropas em zonas disputadas por Ucrânia e Rússia

09/12/2019 20h27

Paris, 9 dez 2019 (AFP) - Os presidentes russo, Vladimir Putin, e ucraniano, Volodimir Zelenski, entraram em acordo nesta segunda-feira (9) para trabalhar na retirada das tropas em três zonas disputadas até o final de março de 2020, após uma cúpula realizada em Paris sobre o conflito que os opõe.

As partes concordaram "sobre o objetivo de proceder à retirada das forças e dos equipamentos daqui até o final de março de 2020", segundo a declaração conjunta, publicada na cúpula "formato Normandia".

O encontro bilateral contou com a participação dos presidentes francês, Emmanuel Macron, e alemão, Frank-Walter Steinmeier.

Após o encontro, Macron anunciou que em quatro meses será organizada uma nova cúpula sobre o restabelecimento da paz na Ucrânia, com a participação dos quatro presidentes.

"Avançamos sobre a retirada, as trocas de prisioneiros, o cessar-fogo e a evolução política" e "pedimos que nossos ministros trabalhem nos próximos quatro meses [...] com vistas a organizar eleições locais, com o objetivo de uma nova cúpula em quatro meses", disse Macron, ao lado dos três contrapartes.

leb-vl/fz/cls/lb/jvb/mvv

Notícias