Topo

Nível do PIB está 3,6% abaixo do pico, registrado no 1º trimestre de 2014

Ilton Rogerio/Getty Images/iStockphoto
Imagem: Ilton Rogerio/Getty Images/iStockphoto

Daniela Amorim, Mariana Durão e Vinicius Neder

Rio

03/12/2019 11h25

Com o crescimento registrado no terceiro trimestre, o nível do Produto Interno Bruto (PIB) está 3,6% abaixo do pico, registrado no primeiro trimestre de 2014, o último antes de a economia brasileira entrar no ciclo recessivo que durou até 2016, informou nesta terça-feira (3) a coordenadora de Contas Nacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Rebeca Palis.

Após entrar no ciclo de retração, no segundo trimestre de 2014, o PIB caiu até atingir o ponto mais baixo, no quarto trimestre de 2016. Desde que voltou a crescer e, portanto, deixou a recessão para trás, a partir do primeiro trimestre de 2017, o PIB brasileiro acumula alta de 4,9% até o terceiro trimestre deste ano, disse ela. Em nível, o PIB do terceiro trimestre está no mesmo patamar do terceiro trimestre de 2012.

Para a pesquisadora do IBGE, o ritmo de crescimento do PIB no terceiro trimestre é o mesmo do segundo trimestre. No período de julho a setembro, houve alta de 0,6% no PIB ante o trimestre imediatamente anterior. No período de abril a junho, a alta foi de 0,5%, na mesma base de comparação. A diferença é estatisticamente irrelevante, disse Rebeca.

"É uma melhora mais ou menos contínua, mas não muito acelerada", afirmou Rebeca.

Notícias