Topo

Companhia planeja duplicar data center comprado da Telefónica em São Paulo

03/12/2019 12h19

Madri, 3 dez (EFE).- A recém-nascida companhia Nabiax planeja construir um novo data center em São Paulo durante 2020, em anexo com o que comprou da Telefónica em julho deste ano, em movimento que visa torná-la uma das principais gestoras deste tipo de infraestrutura no mercado brasileiro.

"O Brasil é, junto com a Espanha, nosso mercado prioritário e para lá, vamos destinar uma parte importante dos 150 milhões de euros de investimento com que contamos para os próximos dois anos", afirmou à Agência Efe Emilio Díaz, conselheiro delegado da Nabiax.

A Asterion Industrial Partners, um fundo espanhol de investimento, especializado em infraestruturas de telecomunicações, criou a companhia para gerir os 11 data centers comprados da Telefónica na Espanha, América Latina e Estados Unidos, por 550 milhões de euros.

Dois deles estão no Brasil, um em Curitiba, no Paraná, e outro em São Paulo. Este últim conta com 3.500 metros quadrados, uma capacidade para 6,1 megawatts e uma classificação de três sobre quatro.

"Tem capacidade para ser triplicada. De maneira imediata, vamos iniciar a construção de outro centro nessas instalações, para dobrar o tamanho", disse Díaz, que previu início das operações para 2021.

A Nabiax pretende ser um personagem importante, com o apoio de um "talento local tecnológico muito confiável". Além disso, o representante da companhia garantiu que as portas seguem abertas para a aquisição de novos centros.

De acordo com Díaz, os 150 milhões de euros serão investidos em crescimento orgânico, sobretudo no Brasil e na Espanha, onde há planos para se tornar líder do mercado em dois ou três anos.

A Nabiax, cujo principal cliente agora é a Telefónica, busca se tornar um dos maiores provedores de serviços na nuvem pública, como Amazon IBM, Microsoft, Google ou Huawei, assim como integradores de sistemas por atacado, como Everis, Accenture ou Indra. EFE

Notícias