Topo

Polícia da Bolívia resgata na selva familiares de ministro do novo governo

17/11/2019 16h56

La Paz, 17 nov (EFE).- A Polícia da Bolívia resgatou neste domingo oito parentes do ministro interino do Interior, Arturo Murillo, que estavam refugiados na selva, fugindo de um ataque contra um das propriedades do político, em Cochabamba.

"Depois de oito dias de terror, hoje a família de nosso ministro de Governo (nome oficial da pasta) foi resgatada por nossas forças de segurança, em trabalho conjunto", escreveu nas redes sociais a presidente interina do país, Jeanine Áñez.

A senadora, que se autoproclamou sucessora de Evo Morales, contou que o cunhado e sobrinhas de Murillo fazem parte do grupo localizado pela polícia.

Na última segunda-feira, o ministro interino, que também integrava o Senado, denunciou que um grupo atacou um hotel de que ele é o proprietário, em Cochabamba, segundo o próprio político, "deixando em cinzas 20 anos de trabalho".

A região é considerada um dos bastiões na defesa de Evo Morales e tem sido palco de muitas manifestações favoráveis ao ex-presidente. EFE

Notícias