Topo

Tudo o que você precisa saber sobre a prova da Unesp

Eduardo Anizelli/Folhapress
Imagem: Eduardo Anizelli/Folhapress
do UOL

Giorgia Cavicchioli

Colaboração para o UOL

14/11/2019 04h00Atualizada em 14/11/2019 19h14

Resumo da notícia

  • Prova da Unesp acontece na sexta, dia 15
  • São cinco horas para responder 90 questões de múltipla escolha
  • Resultado da 1ª fase sai no dia 4 de dezembro

A prova do primeira fase do vestibular da Unesp (Universidade Estadual Paulista) acontece na próxima sexta-feira (15). O UOL fará a correção online em parceria com o Objetivo.

Os candidatos a uma vaga na Unesp terão cinco horas para responder 90 questões de múltipla escolha. São 30 questões de linguagens e códigos, 30 de ciências humanas e 30 de ciências da natureza e matemática.

Se você está se concorrendo a uma vaga na Unesp, veja tudo o que você precisa saber antes de fazer a prova.

Que horas começa a prova?

Os candidatos devem se apresentar às 13h. Os portões dos locais de prova serão fechados às 14h. A regra vale para as provas da 1ª e da 2ª fase.

Quais são as datas importantes?

4 de dezembro: será publicado o resultado da 1ª fase no site www.vunesp.com.br.

Na mesma data, será divulgado o local de prova para quem vai fazer o exame de habilidades exigido nos cursos dos Instituto de Artes de São Paulo e da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação de Bauru.

8 a 14 de dezembro: provas de habilidades dos cursos do Instituto de Artes de São Paulo e da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação de Bauru.

15 de dezembro: prova da 2ª fase de Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática.

16 de dezembro: prova da 2ª fase de Linguagens e Códigos e Redação

27 de janeiro de 2020: divulgação da primeira lista geral de classificação no site www.vunesp.com.br

Que documento levar?

O candidato deverá apresentar em todas as provas o original de um dos seguintes documentos de identificação: RG; CNH (Carteira Nacional de Habilitação), desde que seja modelo com foto; certificado militar; carteira de trabalho; passaporte; carteira de órgão ou conselho de classe e carteira de identidade expedida por instituições militares.

Que caneta usar?

Leve caneta esferográfica com tinta preta (fabricada em material transparente). São permitidos também o uso de régua transparente, lápis preto, apontador e borracha. É proibido uso de lapiseira.

Provas da 2ª fase

São 36 questões discursivas (12 de cada uma das três áreas, conforme especificação sobre a primeira fase) e uma redação.

Como é a prova da Unesp?

De acordo com o professor Renato Diniz, superintendente acadêmico da Vunesp e responsável pelo exame, o estudante não precisará se preocupar com possíveis "pegadinhas" e as questões sempre são bem claras e objetivas.

"A prova procura selecionar o candidato que é bom solucionador de problemas, não quem tem facilidade em gravar fórmulas ou conteúdo" afirma Diniz.

Segundo a professora Ligia Trevisan, assessora da Superintendência Acadêmica da Vunesp, o vestibular da Unesp é planejado para selecionar candidatos capazes de articular ideias de modo coerente, compreender ideias e relacioná-las, se expressar com clareza e conhecer o conteúdo do currículo da educação básica do estado de São Paulo.

De acordo com a professora, o vestibular da Unesp é múlti e interdisciplinar. "É uma prova classificatória e eliminatória, na qual os candidatos precisam fazer pelo menos 20, num total de 100 pontos para não ser eliminado", disse.

Já na segunda fase, o vestibular é composto por 36 questões dissertativas que, segundo ela, "procuram afinar a avaliação de conhecimentos específicos nas diferentes disciplinas que compõem o currículo do Estado de São Paulo e de uma prova de redação, que examina vários aspectos da competência escritora".

Dificuldade da prova

Segundo Trevisan, uma análise baseada no desempenho de um grupo respondente ao Vestibular Unesp 2019 mostrou que 52% das questões se classificaram como de média dificuldade, 28% se classificaram como fáceis e 20% das questões foram percebidas como difíceis.

Esses dados, na avaliação da assessora, mostram que essa é "uma prova bastante equilibrada e, nesse sentido, com boas condições de avaliar, na totalidade, o público participante" do exame.

O que será cobrado na redação?

O gênero textual da redação da Unesp é dissertativo, De acordo com o professor Renato Diniz, o texto deve estar em consonância com o tema definido.

Também será avaliada a forma como o candidato sustenta sua tese, como a argumentação está organizada, a coesão textual e o domínio da norma padrão da língua portuguesa.

"É muito importante o candidato conhecer os temas da atualidade e se preparar para redigir com senso crítico, buscando fugir do senso comum. O tema é definido pela banca com toda liberdade e sigilo que esse tipo de trabalho requer", explicou.

Em sua correção, o texto receberá uma nota de 0 a 28 pontos e fará parte da nota final do vestibular.

Nota final

O cálculo da nota final é composto pela redação (0 a 28 pontos), pelas 36 questões dissertativas da segunda fase (até 72 pontos, sendo 2 pontos por questão) e pelas 90 questões objetivas da primeira fase (até 100 pontos). Por fim, o resultado dessa pontuação será dividido por dois.

Como usar a nota do Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderá ser usado somente no cálculo da média final. Isso acontece pelo fato de não ter tempo hábil para ela ser utilizada na classificação para a segunda fase.

Neste caso, soma-se uma vez a nota do Enem, soma-se quatro vezes a nota da primeira fase da Unesp e divide-se por cinco.

Se a nota do Enem for inferior à da primeira fase da Unesp, ela é descartada, ou seja, ela é utilizada somente se beneficiar o candidato. Além desse uso no vestibular, a Unesp aprovou, neste ano, o preenchimento de vagas remanescentes para o ingresso de estudantes participantes do Enem.

Os estudantes que entrarem na universidade via Enem serão chamados após a quinta e a décima chamada do vestibular deste ano, com base na lista de vagas remanescentes dos cursos, em seleção que também será feita pela Vunesp. Serão consideradas as notas dos dois últimos exames (Enem 2018 e Enem 2019).

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado no texto, a segunda fase da Unesp é composta por 36 questões discursivas, não de múltipla escolha. A informação foi corrigida.
Diferentemente do informado no resumo, é a prova da Unesp acontece na sexta, dia 15, e não da Unicamp. O texto foi corrigido.

Notícias