Topo

Dow Jones fecha estável, e S&P 500 renova recorde

14/11/2019 20h17

Nova York, 14 nov (EFE).- Apesar de um leve pessimismo entre os investidores com as negociações comerciais entre Estados Unidos e China, o índice Dow Jones Industrial fechou praticamente estável, em leve baixa de 0,01%, para 27.781,96 pontos, muito perto do recorde obtido ontem, enquanto o seletivo S&P 500 estabeleceu sua melhor marca histórica, aos avançar 0,09% e chegar a 3.096,64.

Já o índice composto da Nasdaq recuou 0,04% e fechou aos 8.479,02 pontos em um dia marcado por uma forte queda das ações da Cisco (-7,33%) um dia após a companhia divulgar uma queda de 17,5% em seu lucro no primeiro trimestre fiscal, algo que atribuiu a uma "conjuntura difícil".

Essa queda da Cisco foi a mais acentuada do dia entre os 30 títulos cotados no Dow Jones, seguida pelas de Disney (-1,06%), Caterpillar (-0,73%), Apple (-0,69%) e McDonald's (-0,51%). As maiores altas foram de Boeing (1,36%), UnitedHealth (0,89%), Home Depot (0,75%), American Express (0,56%) e Dow (0,54%).

Os investidores mostraram hoje preocupação com as negociações para pôr fim à guerra comercial entre EUA e China porque as partes divergem sobre as compras de produtos agrícolas e porque o ministro do Comércio chinês, Gao Feng, afirmou que o país asiático considera essenciais as retiradas das sobretaxas já aplicadas pelo governo americano para ocorrer um avanço.

No horário do fechamento da bolsa, a onça do ouro subia para US$ 1.471,80, e o rendimento dos treasuries com vencimento em 10 anos caía para 1,82%. EFE

Notícias