Topo

Peru e Equador confirmam apoio ao Grupo de Lima em crise venezuelana

07/11/2019 20h40

Tumbes, Peru, 7 Nov 2019 (AFP) - Os presidentes de Peru, Martín Vizcarra, e Equador, Lenín Moreno, reafirmaram nesta quinta-feira, na cidade peruana de Tumbes, seu apoio aos esforços promovidos pelo Grupo de Lima a favor da democracia na Venezuela, na véspera de uma reunião de chanceleres do coletivo, em Brasília.

Vizcarra e Moreno firmaram uma declaração conjunta por ocasião do XIII gabinete binacional Peru-Equador onde "expressam a urgente necessidade de uma solução pacífica e democrática para a crise, liderada pelos venezuelanos".

Os dois destacam na declaração que a saída deve ser "através da realização de eleições presidenciais livres, justas, transparentes e com observação internacional".

Os presidentes, que se reuniram por mais de duas horas em Tumbes, acompanhados por seus ministros, exortaram a comunidade internacional "a incrementar a cooperação com os países que têm acolhido imigrantes venezuelanos".

rc/ljc/lr

Notícias