Topo

Otimista sobre o Brexit, libra esterlina registra a maior cotação em cinco meses

Getty Images
Imagem: Getty Images

Em Londres

21/10/2019 08h09

A libra esterlina alcançou hoje a maior cotação em cinco meses, superando US$ 1,30, depois que o primeiro-ministro Boris Johnson solicitou à União Europeia, com relutância, um novo adiamento do Brexit, atualmente previsto para o fim do mês.

Às 8h30 (horário local), a moeda britânica atingiu a cotação de US$1,3012, contra US$ 1,2984 na sexta-feira em Nova York.

Há várias semanas, a libra enfrenta uma montanha russa, com altas e baixas ao ritmo do processo caótico e incerto do Brexit.

Michael Hewson analista da CMC Markets, afirmou que "os mercados estão começando a apostar no melhor cenário, que o acordo (de divórcio) será aprovado esta semana e que depois acontecerá um pequeno adiamento para aprovar a legislação necessária" para sus implementação.

"Se este otimismo é prematuro, esta é outra questão. Saberemos apenas com o tempo", disse à AFP.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias