Topo

Barcelona vive 4º consecutivo de protestos após condenação de separatistas

17/10/2019 15h51

Barcelona, 17 out (EFE).- Milhares de manifestantes estão reunidos no centro de Barcelona nesta quinta-feira, no quarto dia consecutivo de protestos na cidade contra a condenação por parte do Tribunal Supremo da Espanha de líderes separatistas que tiveram participação no referendo independentista de 2017.

Vários pontos da cidade já estão bloqueadas pelos manifestantes. A Mossos d'Esquadra, a polícia regional da Catalunha, começou a desviar o trânsito das áreas onde os protestos estão sendo organizados contra a decisão do Tribunal Supremo da Espanha de condenar os líderes separatistas a penas que vão de 9 a 13 anos de prisão.

A manifestação separatista de hoje coincide com outro protesto convocado por grupos de extrema direita, às vésperas da greve geral prevista para ocorrer amanhã na Catalunha.

Devido à violência nos protestos, 97 pessoas já foram presas desde a última segunda-feira, quando começaram as manifestações contra a decisão do Tribunal Supremo.

O governo da Espanha afirmou que não haverá impunidade para os atos de violência e afirmou que os manifestantes envolvidos em atos de vandalismo e confrontos com a polícia são vinculadas a movimentos que querem alterar a ordem pública sob pretexto político.

O presidente regional da Catalunha, Quim Torra, se reuniu hoje com vários integrantes de seu governo e com a prefeita de Barcelona, Ada Colau, para discutir os protestos dos últimos dias. EFE

Notícias