Topo

Boca de urna aponta vitória do professor Kais Saied em eleição presidencial na Tunísia

13/10/2019 16h18

As pesquisas de boca de urna divulgadas na noite deste domingo (11) apontaram para a vitória de Kais Saied no segundo turno da eleição presidência da Tunísia. O pleito foi marcado por alto índice de participação. O professor universitário concorria com o empresário Nabil Karoui, detido durante a campanha acusado de fraude fiscal e libertado quatro dias antes do escrutino.

As pesquisas de boca de urna divulgadas na noite deste domingo (11) apontaram para a vitória de Kais Saied no segundo turno da eleição presidência da Tunísia. O pleito foi marcado por alto índice de participação. O professor universitário concorria com o empresário Nabil Karoui, detido durante a campanha acusado de fraude fiscal e libertado quatro dias antes do escrutino.

De acordo com o instituto de pesquisas Emrhod, Kais Saied conquistou mais de 70% dos votos. O canal de televisão pública Wataniya informou que o candidato conquistou 76,9% dos votos.

O resultado oficial será divulgado apenas na segunda-feira (12), mas o anúncio na noite de domingo foi recebido em festa na capital Tunis, onde as ruas foram tomadas por carros e um buzinaço.

Saied, professor universitário especialista em Direito Constitucional de 61 anos, já havia vencido o primeiro turno (18,4%), realizado em 15 de setembro. Sua campanha conseguiu mobilizar os mais jovens, após ter relançado os ideais da Revolução há oito anos.

Seu adversário, o controverso magnata dos meios de comunicação Nabil Karoui, de 56 anos, fez a maior parte da campanha atrás das grades. Acusado de fraude fiscal, ele foi libertado apenas quatro dias antes do voto.

Cerca de 7 milhões de tunisianos foram convocados para participar da eleição. Segundo números oficiais divulgados no final do dia, mais de 50% dos eleitores participaram do escrutino. A mobilização é a mais importante desde a queda do ditador Bem Ali em 2011.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias