Topo

Dow Jones fecha em alta de 0,57%

10/10/2019 19h33

Nova York, 10 out (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira pelo segundo dia seguido em alta, estimulado pelo início de uma rodada de negociações comerciais entre os Estados Unidos e a China, e especialmente após o presidente americano, Donald Trump, escrever no Twitter que amanhã se reunirá com o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He.

O principal indicador da Bolsa de Nova York subiu 0,57%, para 26.496,67 pontos. O seletivo S&P 500 avançou 0,64%, para 2.938,13, e o índice composto da Nasdaq fechou em alta de 0,60%, aos 7.950,78 pontos.

O pregão nova-iorquino, que ontem já havia refletido otimismo dos investidores, hoje seguiu na mesma linha, à espera de detalhes da reunião entre as delegações chinesa e americana em Washington e que visam um acordo comercial que ponha fim a vários meses de trocas de sobretaxas.

A mensagem que Trump escreveu à tarde no Twitter deu incentivo aos mercados.

"Grande dia de negociações com a China. Eles querem chegar a um acordo, mas, eu quero? Me reunirei com o vice primeiro-ministro amanhã na Casa Branca", disse.

Wall Street também repercutiu a divulgação de dados macroeconômicos: os preços ao consumidor em setembro nos EUA quase não mudaram, e os pedidos de seguro-desemprego caíram na primeira semana do mês passado para o patamar mais baixo em 50 anos.

No Dow Jones, as maiores altas foram das ações de Caterpillar (2,72%), Dow (2,07%), Walgreens (1,64%), Goldman Sachs (1,53%), United Technologies (1,49%), JPMorgan (1,40%) e Apple (1,35%).

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro caía para US$ 1.498,70, e o rendimento dos treasuries com vencimento em 10 anos aumentava para 1,668%. EFE

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias