Topo

Homem é investigado por instalar câmeras em provadores de shopping nos EUA

Fachada do Mall of America, gigantesco shopping de Minnesota - Karen Bleier/AFP - 1º.fev.2009
Fachada do Mall of America, gigantesco shopping de Minnesota Imagem: Karen Bleier/AFP - 1º.fev.2009
do UOL

Do UOL

09/10/2019 17h26

Um homem da cidade de Elk River, do estado norte-americano de Minnesota, está sendo investigado por instalar câmeras escondidas dentro de provadores e vestiários de lojas do gigantesco shopping center Mall Of America.

Acusações criminais ainda não foram registradas contra o suspeito, que tem 41 anos, mas segundo o site Star Tribune, a polícia acredita que tenham sido instaladas câmeras em pelo menos 10 pontos do shopping e que elas podiam ser operadas remotamente — ou seja, o conteúdo poderia ser acessado em tempo real, no celular ou outros dispositivos conectados à internet.

Algumas das lojas que tiveram câmeras instaladas são frequentadas majoritariamente pelo público adolescente, como a Hollister e a Forever 21.

Estima-se que as instalações ilegais tenham sido feitas entre março e setembro deste ano, quando o suspeito foi preso graças à ajuda da vendedora de uma das lojas, que colaborou com a polícia.

"Essas câmeras foram usadas para gravar remotamente as pessoas enquanto se despiam e trocavam de roupa nesses provadores", diz o mandado de prisão, relatado pelo Star Tribune. "Em duas ocasiões, o suspeito montou uma prateleira falsa nas paredes do provador, na altura da cintura, e instalou as câmeras sob as prateleiras para que não fossem vistas".

Mais Notícias