Topo

Hiperinflação venezuelana cai em setembro, segundo Parlamento

09/10/2019 15h54

Caracas, 9 Out 2019 (AFP) - A hiperinflação na Venezuela continuou se desacelerando em setembro passado, com seu índice acumulado em 12 meses em 50.100,3% - revela a estimativa do Parlamento apresentada nesta quarta-feira (9).

A inflação em setembro foi de 23,5%, mais de 40 pontos abaixo da de agosto (65,2%), disse o deputado Alfonso Marquina, membro da comissão de Finanças Legislativas, em entrevista coletiva.

Até agora, neste ano, a inflação acumulada é de 3,326%, disse Marquina, afirmou Marquina.

Hoje, na Venezuela, país imerso na pior crise de sua história recente, "o salário mínimo cobre 2,34% da cesta de alimentos", completou.

O salário mínimo de 40.000 bolívares equivale a 2 dólares, na taxa de câmbio oficial, mas apenas um quilo de carne custa 3,75 dólares.

Único Poder controlado pela oposição, o Parlamento divulga seu próprio índice de inflação desde 2017, na ausência de números oficiais.

atm/axm/gm/ll/tt

Mais Notícias