Topo

Câmara aprova em 1º turno PEC que cria polícias penais

Segundo autor do projeto, meta é liberar policiais civis e militares das atividades de guarda e escolta dos detentos - Pedro Ladeira/Folhapress
Segundo autor do projeto, meta é liberar policiais civis e militares das atividades de guarda e escolta dos detentos Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress

09/10/2019 23h41

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (9), em primeiro turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 372/17, que polícias penais federal, estaduais e distrital, transformando as carreiras de agentes penitenciários.

A proposta acrescenta essas polícias dentro dos sistemas de segurança pública tendo como competência a segurança de estabelecimentos penais e a escolta de presos. A intenção do texto, de autoria do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) é liberar policiais civis e militares das atividades de guarda e escolta dos detentos.

A PEC retorna à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Casa para que seja elaborada a redação do texto para a votação em segundo turno.

Após a votação, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão.

* Com informações da Agência Câmara

Notícias