Topo

Transporte não autorizado vira infração gravíssima; multa passa de R$ 1.000

28/05/2018 - Vans escolares participam de protesto em São Paulo - Folhapress
28/05/2018 - Vans escolares participam de protesto em São Paulo Imagem: Folhapress
do UOL

Do UOL, em São Paulo

07/10/2019 09h36

O transporte escolar não autorizado e o transporte remunerado irregular de pessoas ou bens passam hoje a valer como infrações gravíssimas no Código de Trânsito Brasileiro.

Com a mudança, a multa para o transporte escolar, por exemplo, passa de R$ 195,23 para R$ 1.467,35. O motorista do veículo escolar não autorizado ainda levará 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além perder o veículo.

Enquanto isso, para o transporte de pessoas e bens sem a devida autorização, a infração passou de média para gravíssima, também com remoção do veículo, e 7 pontos na CNH. A multa sobe de R$ 130,16 para R$ 293,47.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que constava na legenda da foto, o protesto das vans escolares ocorreu em São Paulo, e não em Brasília. A informação foi corrigida.

Mais Notícias