Topo

Militar morre eletrocutada ao combater incêndio em área de floresta no DF

do UOL

Jéssica Nascimento

Colaboração para o UOL, em Brasília

15/09/2019 16h42Atualizada em 16/09/2019 12h04

Uma soldado do Corpo de Bombeiros morreu após ser atingida pelo tronco de uma árvore e por fios de alta tensão enquanto combatia um incêndio em vegetação na manhã deste domingo (15), no Distrito Federal.

"É com imenso pesar que o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal informa o falecimento da SD/1. Marizelli Armelinda Dias, na tarde de 15 de setembro, em decorrência de um acidente durante uma ocorrência de incêndio em vegetação na QNL 02, próximo à via Estádio, uma árvore caiu, trazendo consigo a rede de alta tensão, atingindo a militar, às 7h30", afirmou a corporação em nota.

Divulgação
Imagem: Divulgação
Imagens obtidas pelo UOL mostram o resgate de Marizelli Dias, 31, em Taguatinga Norte. A CEB (Companhia Energética de Brasília) precisou cortar a rede para que os militares pudessem fazer o atendimento.

"O que sabemos é que a árvore, ao cair, atingiu os fios que estavam muito próximos da bombeira", disse o major Gildomar, do Corpo de Bombeiros.

Em nota, o Corpo de Bombeiros disse que acionou o Serviço Aéreo de Resgate. Com a confirmação da inexistência de corrente elétrica no local, foi feito o atendimento. O médico da corporação optou pelo transporte terrestre até o Hospital Regional de Ceilândia, onde a militar recebeu os primeiros cuidados.

Segundo os Bombeiros, até ontem foram registrados 7.428 ocorrências de incêndios florestais e 9.709, 90 hectares de área queimada no DF.

No início da noite de hoje, o governador do DF, Ibaneis Rocha, usou as redes sociais para lamentar a morte da bombeira.

Mais Notícias